Ir para o conteúdo

Ex-presidente da Câmara, Henrique teve votação pífia 

Henrique Eduardo Alves, que já foi considerado um dos homens mais poderoso do País, mas que esteve preso por crimes de corrupção, não chegou nem perto de se eleger deputado federal.
Henrique teve pouco mais de 11 mil votos.

Publicidade

Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar