Ir para o conteúdo

Familiares e amigos se despedem de servidor público natalense que morreu enquanto praticava calistenia

Alves de Sá

Servidor público do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), O natalense Euclides Alves de Sá, de 52 anos, morreu nesta quarta-feira (25), após cair de uma barra durante uma atividade física no Parque Paraíba, em João Pessoa. Lido como era conhecido chegou a ser socorrido para o Hospital de Trauma, e estava em coma, mas não resistiu aos ferimentos causados na cabeça.

De acordo com o TCE-PB, a queda aconteceu no último domingo (22), onde Euclides costumava treinar. Ele fazia exercícios em uma barra metálica, mas perdeu o equilíbrio e bateu a cabeça no chão quando caiu.

Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, Euclides morava sozinho em João Pessoa porque trabalhava no TCE há mais de 15 anos. Ele dedicava sua vida aos estudos e era atleta. Formou-se em Direito, Ciências Contábeis e estava concluindo o curso de Nutrição.

O TCE emitiu uma nota de pesar, para prestar condolências e solidariedade aos familiares e amigos de Euclides.

O velório acontece das 7h às 9h, em João Pessoa, para despedida dos colegas de trabalho e amigos da capital paraibana. Às 12h o corpo chega no Morada da Paz em Emaús e às 17h é sepultado.

“Ele me ensinou a rezar”, disse o irmão advogado Luan Sá em suas redes sociais. À Fábio Sá, meu grande amigo, e também irmão de Euclides, toda minha solidariedade e força nesse momento tão difícil. Euclides era o filho mais velho da família de 4 irmãos.

Publicidade

  • Anuncie Aqui Rosa Escuro Post
  • Anuncie Aqui Branco Post
Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar