Ir para o conteúdo

Mãe denuncia escola particular de Natal por negligenciar importunação sexual sofrida pela filha

Importunação Sexual

A empresária Izadora Alves Denunciou a escola Luminova, do grupo da Mapple Bear e Porto, de negligenciar importunação sexual sofrida por sua filha de 12 anos.

Um aluno, do sexto ano, teria deficiência mental e pegou nos seios da menina dentro da escola, sem sua autorização,  na última segunda-feira de maio, dia 23.

Extra-judicialmente, a mãe conversou com a escola, que ofereceu um desconto em outro estabelecimento do grupo.

“O que mais me revolta é que eles desprezaram totalmente o trauma sofrido pela minha filha. Falei com Andre Cury, dono da escola e mais 3 mulheres, diretora, advogada da escola e coordenadora, que não tiveram a menor empatia. A diretora disse em texto no WhatsApp que, se fosse preciso, a escola disponibilizava uma psicóloga. Se fosse preciso?”, Questionou a mãe, que já levou a filha para terapia.

“Minha filha sairá da escola e eu não sei onde colocá-la, ela está angustiada, triste, com vergonha”, conta Izadora, e não recebeu nenhum apoio da instituição.

“Sequer me perguntaram como ela estava. O que penso é que eles acharam normal o ocorrido”, conta.

Publicidade

  • Anuncie Aqui Branco Post
  • Anuncie Aqui Rosa Escuro Post
Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar