Ir para o conteúdo

[Áudio] Padre Murilo defende Padre Júlio: “ele fez tudo certo” 

Padre Júlio

Indignado com a condenação que padre Júlio está sofrendo nas redes sociais após vazamento de áudio onde confessa caso homossexual com fiel, o padre Murilo fez sua defesa em sermão neste domingo (5), dia em que a igreja celebrou Pentecostes.

“O padre fez canonicamente tudo correto. O fato aconteceu antes do casamento. Se confessa e pede que o noivo se confesse com outro padre. Faz o casamento, talvez tenha sido o deslize aí”, disse ele, indignado com a falta de “organização” dos padres em se unir para defender a classe.

Ele também conta que o casal atua pastoralmente na Paróquia. “O senhor (Breno) dá palestras de sexualidade para os jovens no Segue-me, ouviram os conselhos do padre e continuam juntos”, disse ele. “Se fosse crime, não é crime, já teria sido prescrito”, lembrou.

Padre Murilo também critica os jornalistas, lembrando a época em que os padres andavam armados. “Frei Damião já tinha autorizado tocar fogo naquela rádio e naquela Tv que fala mal dos padres”, lembrou.

“Que triste raça de padre que não tem ninguém que nos defenda. Tá na hora da Igreja reagir”, reclamou com os próprios colegas.

Em uma coisa preciso concordar com o padre Murilo: “Que mundo é esse que estamos vivendo?”, um padre falar em tocar fogo em rádio, TV, e ficar por isso mesmo?

Publicidade

Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar