Ir para o conteúdo

Em nome de Jesus: políticos usam marchas para se promoverem em tempos de eleição 

Bolsonaro usa marcha para auto promoção

É o terceiro mandamento: “Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão”, está lá em Êxodo 20:7, na Bíblia Sagrada.

A “Marcha Para Jesus”, a mais famosa delas, é organizada por pastores da igreja evangélica que apoiam a candidatura do presidente Jair Bolsonaro. Ela acontece em todo o país com direito a discurso político do presidente, caminhadas, Motociatas e artistas gospel que recebem cachês para cantar em trios elétricos, verdadeiros “showmícios”. No RN, o evento acontece dia 23 de julho em Natal.

A estrutura milionária é paga com dinheiro público. Deputados e vereadores evangélicos destinam emendas para custear essas marchas. Governos e prefeituras, quando apoiadores do presidente, também colocam uma “verbinha”. Ah! Agora, criaram as marchas para quem está contra o presidente. Aqui no RN, vai se chamar “Marcha Com Jesus”.

No Mato Grosso, o Ministério Público já investiga essas marchas.

No início, o evento tinha como objetivo evangelizar a população, agora o intuito é mesmo promover quem tá bancando o “show gospel”; deputados, governadores e o presidente da república que estão em pleno ano de campanha.

Para Jesus, só o nome mesmo.

Publicidade

  • Anuncie Aqui Rosa Escuro Post
  • Anuncie Aqui Branco Post
Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar