Ir para o conteúdo

Jornal destaca 5 mentiras do discurso de Bolsonaro em Natal

Jornal destaca 5 mentiras do discurso de Bolsonaro em Natal

Cumprindo agenda oficial no Rio Grande do Norte, onde permanecerá até este sábado (2), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) deu declarações sobre vários temas envolvendo seu governo e a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A reportagem do Diário do RN checou as declarações dadas por ele durante entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira (30), momentos antes de receber a homenagem pelo Dia do Motociclista, na Assembleia Legislativa do Estado. Das declarações analisadas, cinco são inverdades e apenas três são verdades.

Declarado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por ataques ao sistema eleitoral, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a questionar o resultado das eleições de 2022, quando perdeu para Lula. “Estávamos indo muito bem. Até que resolveram trocar. E esse alguém não foi o povo brasileiro”. Em outro trecho, o ex-presidente afirmou: “Fala-se tanto em tentativas de golpe, e tudo bem, dado o que aconteceu nos últimos dias, dá para entender que houve uma tentativa de golpe sim, mas foi em 2022. Não em 8 janeiro desse ano”.

No entanto, conforme a Polícia Federal, não foram encontradas ocorrências ou tentativas de fraude às urnas eletrônicas nos dois turnos das eleições gerais de 2022. A corporação faz parte das equipes que participam do processo de fiscalização e prevenção de fraudes nas eleições. Ela possui um corpo de peritos, agentes e delegados, e sempre está presente nos testes públicos de segurança dos equipamentos.

DAMA DO TRÁFICO

Bolsonaro disse: “…me reuni com embaixadores, não foi com traficantes no Morro do Alemão. Botei do meu lado Luciano Hang, e não a Dama do Tráfico, como nós vimos em Brasília. Queriam um motivo para me tornar inelegível…”. No entanto, conforme publicado pelo Estadão no último dia 18, perfis ligados ao próprio governo e à oposição disseminaram, nas redes sociais, informações falsas sobre as reuniões de Luciane Barbosa Farias, presidente de ONG ligada ao Comando Vermelho no Amazonas, com secretários do Ministério da Justiça.

Revelado pelo Estadão no dia 13 de novembro, o tema foi usado intensamente pela oposição para criticar o ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB) e o governo do presidente Lula. As audiências de Luciane Barbosa Farias no Ministério da Justiça foram com quatro servidores da pasta, incluindo os secretários de Assuntos Legislativos, Elias Vaz e o de Políticas Penais, Rafael Velasco. Ou seja, Flávio Dino nunca se encontrou pessoalmente ou posou para fotos com Luciane.

“PAI DO PIX”

Em seu discurso de agradecimento, no plenário da Assembleia Legislativa, Jair Bolsonaro afirmou ainda que criou o Pix. Mas será que Bolsonaro é mesmo o “pai” do Pix? Conforme divulgado pelo UOL no ano passado, o Banco Central iniciou o processo de criação da plataforma em 2018, ainda durante o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB) e quando o órgão era chefiado pelo economista Ilan Goldfajn.

O Pix foi lançando em novembro de 2020 e, na mesma época, ao ser cumprimentado por um apoiador em frente ao Palácio da Alvorada, foi questionado por este sobre a implementação da plataforma. Como resposta, Bolsonaro pareceu acreditar que Pix era um tema relacionado à aviação civil, mas foi logo corrigido pelo apoiador.

ECONOMIA

Bolsonaro também declarou ser impossível comparar os ministros da Economia do seu governo, Paulo Guedes, e o atual, Fernando Haddad. E pediu ajuda ao senador Rogério Marinho (PL). “Dá para comparar Haddad com Paulo Guedes? Acho que a grande comparação que pode ser feita é o que aconteceu no ano passado e está acontecendo agora.

O governo do presidente Bolsonaro terminou com superávit das contas públicas em mais de R$ 50 bilhões. Já foi anunciado agora em setembro que já está chegando em R$ 174 bilhões o déficit do governo atual, e deve chegar perto de R$ 200 bilhões até o final do ano – 2% do PIB”, disse o senador.

Mas, a verdade é que os vídeos que circulam nas redes sociais em que afirmam que Bolsonaro deixou as contas federais em 2022 com saldo positivo de R$ 54,1 bilhões, enquanto Lula já causou déficit de R$ 232,5 bilhões em apenas três meses, são inverídicos. Conforme o Estadão, o vídeo que circula no Instagram é um trecho do Jornal Hoje, da Rede Globo, de 27 de janeiro de 2023, que foi editado.

Foram feitos cortes para dar a impressão de que a notícia é recente e que já há um rombo de R$ 232,5 bilhões no atual momento. Na verdade, este era o déficit previsto em dezembro para todo o ano de 2023. Em março, o governo melhorou a estimativa das contas públicas e projetou R$ 107,6 bilhões de déficit para este ano.

DECISÃO DO STF

O ex-presidente ainda criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que abriu a possibilidade de punir veículos de comunicação por declarações de entrevistados e disse que não se sabe quem define o conceito de fake news. “Estamos agora junto com a imprensa. Sempre estive com a imprensa e a imprensa agora vai estar comigo. Chama-se liberdade “, disse ele, em discurso.

Mas, conforme o Uol, durante o mandato de Bolsonaro (PL), a imprensa brasileira foi atacada mais de 800 vezes pelo ex-presidente e seus filhos. Em 2022, no dia em que é comemorado o Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, ele atacou a mídia brasileira. “Deputados que estão aqui, que estejam nos ouvindo, vai chegar a sua hora se você não se indignar. Não existe especificação penal para fake news. Se for para punir fake news com a derrubada de páginas, fechem a imprensa brasileira que é uma fábrica de fake news. Em especial, Globo e a Folha”, disse.

O Brasil ocupa a 110ª posição entre 180 nações em um ranking de liberdade de imprensa, segundo a ONG Repórteres Sem Fronteiras. Por isso, a organização classifica a situação do país como “problemática”.

AS VERDADES DE BOLSONARO

Por outro lado, o ex-presidente falou três verdades. Foram elas: o IDH do Maranhão é o mais baixo do país, a história da baleia jubarte que ele está sendo investigado por importunação e o aumento da dívida interna brasileira.

Fonte: Diário do RN 

Publicidade

  • Anuncie Aqui Branco Post
  • Anuncie Aqui Rosa Escuro Post
Matérias Relacionadas
×
Cookie

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Saiba mais.

Fechar